Crianças de escolas comunitárias participam de Pic Nic Literário da Uema - UEMA - UemaNet

Crianças de escolas comunitárias participam de Pic Nic Literário da Uema

essaPor Paula Lima

Um Pic Nic diferente, com muita leitura e imaginação. Assim foi o Pic Nic Literário da Universidade Estadual do Maranhão, por meio do curso de Pedagogia a distância. O momento aconteceu na tarde do dia 29 de janeiro. Uma parceria com a Rede Leitora Terra das Palmeiras e as escolas comunitárias do entorno da Universidade.

A iniciativa abrangeu as seguintes escolas: Instituto Educacional e Assistência Nossa Senhora Aparecida; Associação Beneficente das Crianças Carentes da Vila Santa Clara; Clube de Mães Mariana; Colégio Nossa Senhora da Conceição; Escola Educando. Ambas localizadas nos bairros Cidade Olímpica e Cidade Operária.

O momento teve a participação de quase 50 crianças, da educação infantil e ensino fundamental. A ação foi coordenada pelas bolsistas e voluntárias do projeto de extensão Narrando, Encantando e Conhecendo Escritores Maranhenses, realizado pelos alunos do curso de Pedagogia da Instituição. “A ideia foi divulgar o projeto para os futuros alunos do curso, além de integrar os estudantes das modalidades a distância e presencial, professores e mediadores de leitura das escolas campo de Estágio. E o principal: difundir a literatura maranhense para as crianças”, disse a diretora do curso de Pedagogia a distância e coordenadora do projeto de extensão, Profa.Heloisa Varão.

A tutora Magda Cristina, que acompanha o andamento do projeto em questão no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) destaca a importância dessa troca de experiências. “Foi importante para os professores e para os alunos do curso de Pedagogia, pois é o encontro da teoria e prática. Unido a isso estão as crianças e o contato com o escritor Wilson Marques, que foi nosso convidado especial. O Pic Nic vem despertar o conhecer dos escritores maranhenses. A ideia é levar essa iniciativa para os outros polos de educação a distância da Uema”, enfatizou ela.

Para a coordenadora do Fórum das Escolas Comunitárias e Filantrópicas de São Luís, Neuza Ribeiro, o mais interessante foi o ambiente escolhido. “Levar a literatura a essas crianças em um ambiente diferenciado, fazê-las viajar na imaginação fora da sala de aula tradicional foi uma ideia muito boa. A brincadeira, a interação, unidos num espaço aberto, com certeza é um incentivo a mais para despertar o gosto pela leitura”, realçou a coordenadora.

As crianças adoraram a tarde. Giovanna Oliveira, de 12 anos, da Escola Educando, quer repetir a experiência. “Adoro ler. E hoje li o livro Quem Tem Medo de Ana Jansen, de Wilson Marques, e me apaixonei. Iniciativas como essa devem se repetir, fazem bem. E é sempre bom aprender sobre a história e cultura do local em que vivemos. Foi muito bom sair da monotonia da sala de aula. Quero muito repetir esse momento”, sublinhou Giovanna encantada com a ideia.

A tarde foi encerrada com o relançamento do livro Contos e Lendas da Terra do Sol, escrito por Wilson Marques. O escritor e jornalista teceu elogios para a iniciativa da Uema. “Eu já comecei a gostar pelo nome. Pic Nic já foge do tradicional. É um formato que coloca a criança em contato com a leitura e o escritor em um ambiente descontraído. E nós escritores acabamos tendo novas idéias. Só tenho a agradecer o convite e elogiar esse trabalho, que foi muito interessante. Espero poder fazer parte mais vezes”, destacou ele.