UEMA abre inscrições para professores da Instituição que queiram produzir cursos abertos - UEMA - UemaNet

UEMA abre inscrições para professores da Instituição que queiram produzir cursos abertos

Caros Professores da UEMA, venham conhecer esta iniciativa da nossa Instituição e contribuir com os seus conhecimentos e sua experiência acadêmica. Reforçamos o fato de que somos a primeira universidade no Nordeste do Brasil a oferecer cursos abertos e a primeira em todo o Brasil a oferecer em plataforma própria: www.cursosabertos.uema.br.

Os cursos abertos foram lançados em junho de 2014 com a intenção de difundir o conhecimento acadêmico produzido pela Universidade. Já são mais de quatro mil participantes em 11 países diferentes, distribuídos nos três cursos já ofertados: Negociação, Bioética e Empreendedorismo.

Comemoramos esses dados, que confirmam a ação da UEMA na democratização do acesso ao conhecimento.

Mas o que são os Cursos Abertos?
Os Cursos Abertos são uma iniciativa da Universidade Estadual do Maranhão para proporcionar acesso livre aos conhecimentos, produzidos pelo meio acadêmico em uma proposta de metodologia de aprendizagem flexível.

Esta empreitada segue a tendência mundial dos MOOCs (Massive Open Online Course), que têm como objetivo proporcionar acesso livre e gratuito ao conhecimento (qualquer que seja ele) para um grande público, oferecendo oportunidades de aprendizagem colaborativa e co-produção de novos conhecimentos. Há MOOCs, atualmente, sobre Vinhos, sobre História da Segunda Guerra Mundial e até sobre Pedagogia, ofertada pela USP, por exemplo.

Estes cursos nasceram da iniciativa de professores de duas universidades: Calgary (Stephen Downes) e Athabasca University (George Siemens). Ambos se uniram para ampliar as discussões que se faziam necessárias sobre Teoria do Conectivismo, que aborda entre outras questões novos paradigmas de aprendizagem na Era do Conhecimento, numa plataforma aberta (não institucionalizada). Ao fim de um tempo conseguiram 2000 participações. Desde então, a iniciativa que era apenas de docentes chamou atenção pelos números de participantes e foi adotada por instituições do mundo inteiro (Oxford, Havard, Oklahoma, USP), com alcances enormes a cerca da participação e do acesso ao conhecimento disponibilizado nestes cursos.

Como funcionam os Cursos Abertos?
A modalidade mais em voga de Cursos Abertos são ministrados totalmente na modalidade a distância. Possuem carga horária flexível e não têm calendário predefinido (sem data para iniciar e sem data para finalizar). Os estudantes acessam o curso em qualquer momento, pois fica disponível indefinidamente. O participante pode, assim, levar o tempo que quiser para conduzir seus estudos.

Por meio de um rápido cadastro, os cursistas podem acessar o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) conforme sua conveniência, coaprendendo entre pares, por meio da participação nos fóruns e atividades.

A maior parte dos cursos abertos hoje em dia oferecem apenas fórum e vídeos. Também cobram a certificação destes cursos. Os conteúdos dos cursos da UEMA estão distribuídos em múltiplos objetos de aprendizagem, disponibilizados na plataforma AVA do Moodle (www.cursosabertos.uema.br) ao estudante (cadernos, vídeos, podcasts, slides e materiais complementares). Também cuidamos para que haja alguma atividade avaliativa que certifique que o aluno autoavalie-se quanto ao conhecimento que construiu ao longo dos nossos cursos. Como o docente apenas prepara o curso, o aluno vai interagir apenas com o ambiente online, os recursos disponíveis pelo seu curso e com os pares. No momento da avaliação, ele terá após preencher suas atividades uma resposta padrão que lhe servirá de norte se respondeu bem ou mal às questões próximas.

Toda a participação do aluno, inclusive o momento avaliativo é requisito fundamental para a certificação, que só é liberada online, na própria plataforma do curso, após interação com todos os ambientes e fases do curso.

O público alvo são estudantes, professores, profissionais do setor público e privado e a comunidade em geral.

Quem está responsável pela oferta desses cursos?
O Desenvolvimento dos Cursos Abertos é promovido pelo Núcleo de Tecnologias para Educação – UEMANET, por meio do setor de Design Educacional (DE).

Qual o papel do Professor no desenvolvimento dos MOOCs?
Os conteúdos e atividades a serem resolvidas pelos participantes dos Cursos Abertos são elaborados pelos professores da Instituição. Podem ser aproveitados os conteúdos desenvolvidos para as disciplinas dos cursos de graduação e pós-graduação da Universidade. Fascículos e videoaulas produzidos para as disciplinas dos cursos a distância da UEMA têm amplo aproveitamento na criação dos MOOCs. Os Cursos Abertos contemplam os conceitos fundamentais da matéria abordada associados à perspectiva prática. O Professor deve contribuir na elaboração dos objetos de aprendizagem dos cursos.

Quais sãos os benefícios para o Professor que participa desta iniciativa?
Ao participar da criação de um MOOC, o Professor pode registrar seu trabalho como produção técnica. Além disso, fica evidente o impacto da sua contribuição na produção científica da Universidade. Ao responder por um Curso Aberto a Distância da Instituição, o Professor adquire repercussão internacional, pelo fato dos MOOCs estarem abertos a participantes de qualquer lugar do mundo com acesso à rede mundial de computadores, haja visto o sucesso dos nossos cursos em países como Portugal, Estados Unidos, Venezuela e Japão.

Quais são os Objetos de Aprendizagem dos Cursos Abertos que temos adotado na UEMA?

Caderno: composto de fascículos desenvolvidos pelos professores conteudistas, elaborados em linguagem dialógica e hipertextual.
Vídeos: aulas gravadas e editadas pelo UEMANET, divididas em blocos temáticos.
Slides: oriundos das apresentações desenvolvidas pelos professores para as videoaulas, webconferências ou para suas aulas presenciais.
Podcast: conteúdos em áudio para facilitar os estudos de quem não tempo de ler ou possui conexão de Internet lenta para vídeos. Podem conter a leitura do caderno, a versão em áudio das videoaulas, ou áudios de palestras e webconferências ministradas pelos professores.
Atividades: tarefas elaboradas pelo professor conteudista com base em cada unidade do Caderno de Estudos, bem como outros materiais disponibilizados. As atividades procuram trabalhar prioritariamente com situações reais simuladas, demandando uma proposta de solução por parte do cursista. Não há prazo para resolução das Atividades. Da mesma forma, as tarefas não são obrigatórias, exceto se o participante desejar o certificado.
Downloads: links para baixar qualquer material de estudo disponibilizado no curso.
Complementos: materiais complementares disponibilizados pelo professor, composto de textos, artigos, trechos de vídeos, glossários, etc.
Café Virtual: espaço de interação livre entre colaboradores da universidade, professores e participantes do curso. Este fórum não possui temática específica, ficando os participantes à vontade para discutirem qualquer assunto relacionado ao curso (conteúdos, dúvidas, elogios, críticas e sugestões).

Qual é a Metodologia dos Cursos Abertos?
Os conteúdos, a serem estudados de forma livre pelo cursista, estão disponíveis em múltiplas mídias. Apesar do caderno e das videoaulas estarem divididos em unidades ou blocos numerados, não existe obrigatoriedade de seguir uma ordem. O participante tem autonomia para conduzir seus estudos de forma não linear, conforme seus próprios interesses.

Para promover a interação e o aprofundamento dos conteúdos estudados, os cursistas terão fóruns de discussão à disposição no ambiente virtual em forma de Atividades ou Café Virtual. Nesses espaços, os participantes podem interagir ativamente com colaboradores da UEMA, professores e colegas de curso. No caso das Atividades, serão discutidas questões propostas pelo professor do curso, com base nos objetos de aprendizagem. Já o Café Virtual é um ambiente informal de trocas diversas.

Os Cursos Abertos possuem algum Processo de Avaliação?
Os cursos priorizam a autoavaliação, uma vez que oportuniza o esforço de aprendizagem autônoma. Ao mesmo tempo, a interação aluno-aluno é valorizada. Não há atribuição de nota ou conceito ao desempenho do participante.

A partir dos estudos desenvolvidos no ambiente, o cursista poderá desenvolver as atividades propostas para o curso. As atividades serão resolvidas em um fórum de perguntas e respostas criado especificamente para este fim. Após postar sua resposta, o aluno terá acesso a uma resposta padrão, elaborada pelo professor conteudista, bem como às demais respostas dos colegas. Isto permitirá ao cursista a comparação da sua resposta com a do professor e seus pares. É permitido, e até estimulado, que o participante faça réplicas sobre as respostas dos colegas e do professor, gerando um debate produtivo.

O participante pode receber Certificado?
Sim, a certificação se dará pelo registro do progresso do cursista, no que tange ao acesso a todos os materiais disponibilizados, bem como à resolução das atividades. Responder todas as atividades propostas dará automaticamente ao participante o direito à certificação. Sendo assim, o cursista poderá emitir um certificado online de conclusão de curso pela Universidade Estadual do Maranhão.

Se interessou? Preencha o FORMULÁRIO (https://docs.google.com/forms/d/1Shbl3HX5xLNTgO8D2IpavcdTOQ7qQR5MtLAZJcXbvu0/viewform?c=0&w=1) e faça a sua inscrição.