UEMA realiza II Seminário de Educação do Campo - UEMA - UemaNet

UEMA realiza II Seminário de Educação do Campo

Nova Imagem (3)A Universidade Estadual do Maranhão, por meio do curso de especialização em Educação do Campo, modalidade a distância, realizou, nos dias 08 e 09 de agosto, o II Seminário de Educação do Campo, com o tema Avaliar para Reconstruir.

O evento aconteceu, simultaneamente, nos polos de Carolina, Caxias, Codó, Fortaleza dos Nogueiras, Santa Inês, São João dos Patos e São Luís, com o propósito de difundir para os alunos as orientações de Trabalho de Conclusão de Curso, bem como discutir os modelos de avaliação formativa e somativa, e o uso da prática de autoavaliação.

Os alunos tiveram palestras sobre as normas de elaboração de artigo e slides, orientações de defesa, e definição do cronograma de defesa de TCC. Estas apresentações foram via web conferência apresentados pela Profa.Ana Gardênia Lima Martins Mendes.

Após o termino da web os alunos ficaram com a programação por polo e apresentação de palestra sobre o tema do evento. “O tema leva a uma reflexão sobre a prática de ministrar e a forma de avaliação a ser aplicada em sala de aula com propósito de atingir o desenvolvimento do aluno, com o professor atento as necessidades dos alunos e não apontando dificuldades”, explicou a coordenadora da especialização, Profa.Ariadne Rocha.

Os alunos do curso foram motivados a se autoavaliarem quanto acadêmicos da especialização e realizar uma avaliação escrita do curso Educação do Campo fornecido pela UEMA. A avaliação dos alunos posteriormente será sistematizada e servirá como instrumento de avaliação interna e replanejamento para novas ofertas.

Com a conclusão das apresentações, durante o período da tarde de sábado e no domingo pela manhã, seguiu a orientação individual de TCC. “Na chegada alguns alunos chegam otimistas e satisfeitos com o bom desenvolvimento dos trabalhos já iniciados, outros receberam orientações sobre definição da metodologia, e esclareceram dúvidas de normalização. Mas o que mais me chamou atenção foi que ao fim do atendimento a postura dos alunos era de confiança e determinação”, finalizou a coordenadora.