PRODUÇÃO DE NARRATIVAS DIGITAIS EM CONTEXTOS DE MULTILETRAMENTOS

Autores

  • Maria Ailma Ferreira Lopes Universidade Federal de Alagoas - UFAL

DOI:

https://doi.org/10.18817/ticsead.v7i1.522

Resumo

Este artigo objetiva discutir a produção de narrativas digitais em contextos de multiletramentos. Dessa forma, inicialmente, se fez uma breve descrição de alguns conceitos acerca dos novos letramentos, mídia, multimídia, hipermídia e narrativas digitais. Em seguida, explicitou-se sobre as narrativas digitais integradas com as Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação - TDIC e, por fim, apresentou-se o recurso digital Pixton integrado aos multiletramentos no processo de elaboração de narrativas. A metodologia utilizada foi de caráter bibliográfico. Os aportes teóricos basearam-se em: Rojo (2012; 2013); Santos (2018); Krening et al. (2017); Almeida e Valente (2012); Gava (2015) e outros autores. A pergunta norteadora do estudo assinala-se: como produzir narrativas digitais em contextos de multiletramentos? Para direcionamento do estudo tem-se como objetivo geral: discutir a produção de narrativas digitais em contextos de multiletramentos. Como resultado do estudo discutimos que as narrativas digitais podem ser produzidas por meio do recurso digital de criação de Histórias em Quadrinhos - HQ on-line denominado Pixton. Nele elabora-se HQ em contextos de multiletramentos porque envolve os modos linguísticos do oral e do escrito, o visual por conter as imagens, o leiaute de página e o formato de tela. Contempla também os aspectos multimodais que é a interconexão entre todos os elementos citados. Os aspectos mencionados permitem a leitura e escrita no espaço digital criando-se narrativas digitais em Histórias em Quadrinhos - HQ.   Palavras-chave: Narrativas digitais. Multiletramentos. Letramentos. Tecnologias.  

Referências

ALMEIDA, M. Elizabeth B; VALENTE, J. Armando. Integração currículo e tecnologias e a produção de narrativas digitais. Currículo sem fronteiras, v. 12, n. 3, p. 57-82, set./dez. 2012. Disponível em: http://www.curriculosemfronteiras.org/vol12iss3articles/almeida-valente.pdf. Acesso em: 23 abr. 2019.

BARTON, David; LEE, Carmen. Linguagem no mundo digital. In:BARTON, David; LEE, Carmen. Linguagem online: textos e práticas digitais. São Paulo: Parábola, 2015, p. 11-24.

GAVA, Eliana Aparecida da Silva. Narrativas digitais: contribuições à produção textual e ao letramento digital no ensino fundamental. Cascavel: dissertação, Universidade Estadual do Oeste do Paraná, 2015.

GOMES, L. F. Hipertextos multimodais: leitura e escrita na era digital. Jundiaí: Paco Editorial, 2010.

KRENING, T. S; SILVA, T. L. K; SILVA, R. P. Histórias em quadrinhos digitais: a narrativa em “CIA: Operation Ajax”. Diálogo, Canoas, n. 34, p. 31-41, abr. 2017. Disponível em:

https://revistas.unilasalle.edu.br/index.php/Dialogo/article/view/3287/pdf. Acesso em: 14 abr. 2019.

LÉVY, Pierre. O ciberespaço ou a virtualização da comunicação. In: LÉVY, Pierre Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, 2010, p. 87-110.

LÉVY, Pierre. O universal sem totalidade, essência da cibercultura. In: LÉVY, Pierre.Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, 2010, p. 130-122.

LÉVY, Pierre. Realidade da economia virtual. In: LÉVY, Pierre. A conexão planetária: o mercado, o ciberespaço, a consciência. São Paulo: Ed. 34, 2001, p. 51-60.

RAMPAZZO, Lino. Metodologia científica: para alunos dos cursos de graduação e pós-graduação. São Paulo: Edições Loyola, 2015.

RIBEIRO, A. E. Tecnologias e novas tecnologias. In: RIBEIRO, A. E. Novas tecnologias para ler e escrever – algumas ideias sobre ambientes e ferramentas digitais na sala de aula. Belo Horizonte: RHJ, 2012, p. 19-24.

RIBEIRO, A. E. Tecnologias na educação: questões e desafios para a produção de sentidos. Revista Práticas de Linguagem, v. 4, n. 2, p. 151-158, jul./dez. 2014. Disponível em: http://www.ufjf.br/praticasdelinguagem/files/2014/09/152-158-Tecnologias-na-Educa%C3%A7%C3%A3o.pdf. Acesso em: 18 dez. 2018.

ROJO, Roxane. Gêneros discursivos do círculo de Bakhtin e multiletramentos. In: NETO, A. T; ROJO, Roxane (org). Escol@ conectada: os multiletramentos e as TICs. São Paulo: Parábola, 2013, p. 13-36.

ROJO, Roxane. Pedagogia dos multiletramentos: diversidade cultural e de linguagens na escola. In: ROJO, R. H. R; MOURA, Eduardo (orgs). Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola, 2012, p. 11-31.

SANTOS, F. M. A.

Multiletramentos e ensino de língua portuguesa na educação básica: uma proposta didática para o trabalho com (hiper)gêneros multimodais. Signo, Santa Cruz do Sul, v. 43, n. 76, p. 55-65, jan./abr. 2018. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/signo/article/view/10671. Acesso em: 23 abr. 2018.

SOARES, Magda. Novas práticas de leitura e escrita: letramento na cibercultura. Educ. Soc., Campinas, v. 23, n. 81, p. 143-160, dez. 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v23n81/13935. Acesso em: 09 fev. 2019.

SOUZA, A. L. S.; CORTI, A. P.; MENDONÇA, Márcia. Os jovens, a leitura e a escrita. In: SOUZA, A. L. S.; CORTI, A. P.; MENDONÇA, Márcia. Letramentos no ensino médio. São Paulo: Parábola, 2012, p. 11-34.

Downloads

Publicado

09-07-2021