AVALIAÇÃO DA ADAPTAÇÃO DOCENTE AO ENSINO REMOTO EMERGENCIAL

Autores

  • Arthur Lima de Almeida UNINTER
  • Rodrigo de Cássio da Silva UNINTER

DOI:

https://doi.org/10.18817/ticsead.v7i2.554

Resumo

A pandemia da Covid-19 trouxe inúmeros desafios para a sociedade, sobretudo, no que se refere ao novo formato do processo de ensino e aprendizagem, e é neste cenário em que se insere a presente pesquisa. Visando compreender e avaliar de que maneira os docentes estavam se adaptando, um questionário estruturado foi enviado a professores do Brasil, por meio das redes sociais e contatos pessoais, o que possibilitou a obtenção de 419 respostas de profissionais das mais diversas regiões do país. Com perfis diversos e nível de atuação também, a maioria dos participantes questionados atua no ensino superior e no ensino fundamental II. Tal pesquisa nos permitiu realizar diversas conclusões, sendo uma delas que grande parte dos docentes se sente sobrecarregada com o novo formato de ensino, cerca de 78%, e que a falta de equipamentos e de locais adequados é o principal problema apresentado no período atual. Apesar disso, eles buscam, por conta própria, outras ferramentas que possam servir de apoio ao ensino remoto. Este trabalho destacou a necessidade de uma formação continuada de qualidade para todos os professores, bem como serviu de alerta à comunidade acadêmica sobre a sobrecarga de trabalho dos mesmos, situação já discutida em pesquisas diversas, acentuada, porém, nesta investigação, devido ao contexto pandêmico. Palavras-chave: Covid-19. Ensino. Formação docente. Educação a distância. Tecnologias educacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

23-12-2021

Como Citar

LIMA DE ALMEIDA, A.; DE CÁSSIO DA SILVA, R. AVALIAÇÃO DA ADAPTAÇÃO DOCENTE AO ENSINO REMOTO EMERGENCIAL. TICs & EaD em Foco, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 155–168, 2021. DOI: 10.18817/ticsead.v7i2.554. Disponível em: https://www.uemanet.uema.br/revista/index.php/ticseadfoco/article/view/554. Acesso em: 21 maio. 2022.