PLATAFORMAS DIGITAIS E O PROTAGONISMO ESTUDANTIL NO CONTEXTO DO ENSINO REMOTO EMERGENCIAL.

Autores

  • Lílian de Sousa Sena Universidade Estadual do Maranhão
  • Ilka Márcia Ribeiro de Souza Serra Universidade Estadual do Maranhão https://orcid.org/0000-0003-1622-5434

DOI:

https://doi.org/10.18817/ticsead.v7i2.561

Resumo

A utilização de plataformas digitais para a continuidade das aulas no contexto da pandemia da Covid-19 evidenciou o potencial educacional dos ambientes digitais de aprendizagem. A mediação propiciada pelas tecnologias digitais de informação e comunicação - TDICs, além da construção inovadora no processo escolar, propicia experiências interativas que despertam o conhecimento e o respeito às diferenças, principalmente em relação ao repertório linguístico dos falantes maranhenses. O presente artigo tem como objetivo compartilhar a experiência do protagonismo de estudantes do Ensino Médio de uma escola pública da cidade de Timon, no Maranhão, para a realização de um projeto pedagógico de Língua Portuguesa, por meio das plataformas WhatsApp e Jamboard. A ideia foi de apresentar uma vivência pedagógica exitosa com o uso das TDICs, como motivadora para o trabalho colaborativo e construção de saberes. Além da pesquisa bibliográfica, foram realizadas entrevistas com os desenvolvedores do projeto pedagógico. A pesquisa tem abordagem qualitativa e tem como referência, os pressupostos de Moran (2001), Moreira (2018) e Di Felice (2020). Os resultados demonstraram o quanto a apropriação de espaços digitais potencializa a aprendizagem, além de apontar a necessidade de formação de professores para a cultura digital. Ressalta-se ainda a importância de mais pesquisas sobre a atuação dos jovens como gerenciadores de sua aprendizagem em ambientes digitais, de modo que a cibercultura seja uma temática presente e vivenciada nos espaços escolares. Palavras-chave: Tecnologias Digitais. Protagonismo estudantil. Aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

23-12-2021

Como Citar

DE SOUSA SENA, L.; RIBEIRO DE SOUZA SERRA, I. M. PLATAFORMAS DIGITAIS E O PROTAGONISMO ESTUDANTIL NO CONTEXTO DO ENSINO REMOTO EMERGENCIAL. TICs & EaD em Foco, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 46–59, 2021. DOI: 10.18817/ticsead.v7i2.561. Disponível em: https://www.uemanet.uema.br/revista/index.php/ticseadfoco/article/view/561. Acesso em: 21 maio. 2022.