A IMPORTÂNCIA DO ENSINO E DA APRENDIZAGEM EM AMBIENTE PRISIONAL E A EMERGÊNCIA DA EDUCAÇÃO DIGITAL NUM PRESÍDIO FEMININO EM PORTUGAL

Autores

  • Sónia Machado
  • Joana Correia
  • José António Moreira

Resumo

Na atualidade, a utilização e apropriação das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC), permitem a criação de novos espaços e tempos de vida social, educativa e cultural. Esta nova era do conhecimento, de transição digital, assumida na forma de rede e alimentada pelas TIC, abre diferentes possibilidades para o entendimento de conceitos como o de inclusão, e de capital cultural e social. Neste cenário importa pensar onde se situam as pessoas em situação de privação de liberdade, a cumprirem penas em presídios. O presente estudo procura explorar a perceção dos atores presentes em ambiente prisional, quer dos trabalhadores quer daqueles que cumprem as penas a que foram condenados, perceção essa relativa aos processos formativos para futura reinserção social, bem como para a não reincidência. Para o efeito foram entrevistados membros da direção, técnicos superiores de reeducação, professores, guardas prisionais e reclusas de um presídio feminino em Portugal. Os resultados mostram a importância de investir numa educação enriquecida com o digital, mas revelam também as fragilidades, as limitações e as diferentes visões dos atores envolvidos no processo.Palavras-chave: Educação. Formação. Presídios. Tecnologias Digitais. Inclusão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

20-12-2019

Como Citar

MACHADO, S.; CORREIA, J.; MOREIRA, J. A. A IMPORTÂNCIA DO ENSINO E DA APRENDIZAGEM EM AMBIENTE PRISIONAL E A EMERGÊNCIA DA EDUCAÇÃO DIGITAL NUM PRESÍDIO FEMININO EM PORTUGAL. TICs & EaD em Foco, São Luís, v. 5, n. 2, 2019. Disponível em: https://www.uemanet.uema.br/revista/index.php/ticseadfoco/article/view/448. Acesso em: 24 jul. 2024.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.